quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Viagem


viajo
numa ida sem regresso

o toque ardente das tuas mãos percorre-me o corpo
como praia em busca do Sol
queimando

nas chamas do desejo, revivo teu cheiro inebriante
como se aqui estivesses

sinto a tua presença, na tontura da lembrança,
arrepiante e tão real

nesta deliciosa alienação, tu vens
entras dentro de mim, por insana invocação

dou-me, sou tua, até à alma

entregues a extrema rendição
subjugados ao prazer, num delírio imaculado
só nosso e para nós

todos os centímetros da minha pele se te entregam
em magnetismo e estonteante loucura

teu beijo guloso guia esta dança
transbordo de paixão
transporta-me para além do infinito
mais longe que a mais longínqua das estrelas

nesta viagem sem fim


Vanda Romeu

Sem comentários: