terça-feira, 11 de maio de 2010

Se eu te pudesse abraçar





No teu abraço me quero
Me mostro e me revelo
Te enlaço, te amasso, te beijo


Beijo terno, beijo doce, beijo quente, beijo urgente, beijo bom

Numa proximidade quase absurda e irreal, consentimos que nossos corpos quedem em deleite, atolados pelo prazer, guiados apenas pela vontade de ficar… permanecer…

fica meu amor…
E tu ficas… ficamos… desnudados, sem máscaras, na pureza de um querer primitivo…

Que mais? Nada…
Vanda Romeu

1 comentário:

Anónimo disse...

Que mais? Nada... Só que gostei! Continua...
Caty