domingo, 5 de setembro de 2010

obrigada meu amor...



Tango e Parole - Roberta Canali

Invades-me o pensamento, numa magnitude tal, que me baralhas os sentidos
Chega-me a tua voz, quente, suave, penetrante e grave, arrepias-me
Convidas-me para dançar, seguras-me forte, entrelaçados, dominas, guias, estremeço…

Meu corpo já não é meu, tal como a minha alma não era, pertenço-te, saio para ti.
Rodopiamos este tango, num jogo de sedução delicioso, soltas-me
Meu coração dispara pela ausência, em breves instantes voltas,
O teu respirar quente e ofegante, aproxima-se da minha boca e cedemos, num beijo veemente
A intensidade do momento apodera-se de nossos corpos que chega a causar dor… e então acontece.
A música já terminou, mas continuamos dançando.
Com o teu corpo no meu, afago-te os cabelos… flutuamos à mercê do desejo.
A expressão do meu rosto e todo o meu corpo transmitem o que não fui capaz de comunicar em palavras… prazer, amor, deleite.
Saio deste sonhar acordada, sinto-me grata, um presente maravilhoso, tu.
Sinto a dívida, para com a vida e para contigo.
Obrigada, meu amor
Vanda Romeu


Jurgen Gorg



1 comentário:

antoniomaia disse...

lindas imagens e belo som, sem margens para nenhuma dúvida.
o texto, bem... também estou arrepiado de tanta sensualidade, quase que sinto a carne.
Gostei!