sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Meu homem lindo

Vladimir Rasputin

Penso-te lindo no ser e no estar, na gratidão do desejo
Sinto-te próximo nas palavras, momentos e sonhos
Sorriso cúmplice, mãos abertas, ausência das noites cansadas, carícias contidas
Entranhado em mim, namoro enamorado
Pela lealdade dos teus gestos, da tua alma
Beijas-me em sons de mel, em aroma agre e doce
E como me fazes feliz!

Vanda Romeu

3 comentários:

antoniomaia disse...

:) beijos em som de mel :)
sentido e bonito :)
obrigado pela participação!

antoniomaia disse...

ah, a imagem é sugestiva, tipo domador de serpente :) é uma ideia que me agrada :)
gosto bastante...

Sandra disse...

Agradeço a simpatia do teu comentário :)

Não sei em que pensava a Vanda quando escreveu, mas a mim lembra-me uma voz linda de alguém querido, "beijas-me em sons de mel". Também posso pensar em belas músicas partilhadas, dedicadas...Enfim, a magia das palavras...

A imagem lembra sedução, entrega... concordo contigo caro amigo :)