quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

imagem ou ser?


quem somos no reflexo de nós, (de) quem revelamos aos outros?

somos a origem ou  a transposição sugerida no nosso comportamento diário?

...

e se uma breve brisa agita a água?...

o reflexo é mesmo isso... uma imagem até que se queira, no difuso que permitimos que transpareça, perturbada ocasionalmente pelo exterior, couraça protectora do nosso Ser.

...

e quem sou eu para ti? a origem, sem reflexos, sem perturbações que essas elimino-as antes de te chegarem e se algumas ainda transporto no meu caminho até ti, sei que terás uns braços, uma palavra de afecto, um não-sei-quê a recebê-las...

e é nessa que deves acreditar.

... Alma

1 comentário:

Luna disse...

é mesmo isso :) dito de uma forma muito bonita como só a Alma sabe fazer :)