quarta-feira, 2 de março de 2011

quem és tu, afinal?


És o  teu olhar, essa zona de impacto em mim, descendo pela minha alma até ao limite corporal.

Invento o teu corpo no meu, desprezando limites, saltando barreiras e obstáculos, ignorando vozes perdidas numa consciência com cheiro a mofo.

Porque há muito que o decidimos...somos, seremos tu e eu apenas, os nossos corpos,  o desejo que os une e a alegria insatisfeita por momentos à distância...

E és de novo tu, meu louco que me enlouquece, quando em choque comigo se une em sonho, aderindo às minhas formas como a cama eleita para si, sempre do meu lado e conquistando-me um pouco mais cada dia…

Como gosto de gostar cada vez mais de ti.           Alma

1 comentário:

Luna disse...

"... conquistando-me um pouco mai cada dia" tão lindo :)

Afinal quem és tu?

Alma q escreve de uma forma bela e intensa :)

Esta leitura enche a minha alma :)

Obrigada à Alma e a ti querido amigo pela partilha e edição.
Gosto da foto :)