quinta-feira, 30 de junho de 2011

As amarras do Tempo


Se de Amor

eu te dissesse todas as palavras que tenho para dizer

e que tu gostarias de ouvir,

não haveria maior certeza do que esta,

nós,

lado a lado,

roendo as cordas do Tempo

que nos amarram ao mundo

que não nos serve.

Alma

2 comentários:

Anónimo disse...

Belíssimo e profundo!
Mais uma vez parabéns à Alma.
Jacqueline

Cota disse...

Muito bom
Muito mesmo